8 respostas em “A cidade que isola

  1. Eu concordo. E mudei minha vida de um ano para cá. Além de vender o carro e usar a bike como meio de transporte (e assim ver como a cidade de São Paulo é inacessível, despreparada, agressiva), ao levar a Luna para casa (a minha querida Golden Retriever) me obriguei a voltar ao básico: passear perto de casa, ali no comecinho da Barão de Limeira, levá-la no Ibirapuera, no Villa-Lobos – tudo muito longe de casa e cheio de trânsito pra chegar, infelizmente. E voltei a fazer uma coisa que não fazia há anos: passear de mãozinha dada com a Carol vendo a Luna correr atrás dos amigões dela. É ou não é mais legal viver assim? Bjo Su

    • É muito mais legal viver assim!!!!! Espero que cada vez mais gente tenha coragem pra fazer esse tipo de mudança, queridão! E que a gente também aprenda a pressionar o poder público por uma cidade melhor! Bjão

  2. O problema é que, na maior parte das cidades brasileiras que pude pesquisar, não estamos resolvendo os problemas de décadas em relação ao planejamento urbano, e sim nos afundando mais na lama. Dá até um arrepio na espinha..

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s