Serenidade X Felicidade

serenidadexfelicidade

Há quanto tempo eu não via o dia amanhecer aqui do meu terraço? Ver a lua dando lugar ao sol? E que eu não acordava com minha melhor amiga me mandando mensagem no celular, pra lá de meio-dia, dizendo que logo chegava na minha casa pra gente sair e almoçar, conforme o combinado? E eu caio da cama, correndo para o chuveiro, tentando me arrumar antes dela e o marido (também meu brother) aparecerem. Era primeiro de janeiro de 2013.

Há quanto tempo eu não tomava cosmopolitan? Não sou de beber muito. Mas virar cosmopolitan com as amigas é divertido. Já sabendo que sou fraca pra bebida, meus amigos separaram um comprimido desses que protegem o estômago, o fígado, pra mim. Deu certo. Cosmopolitans foram seguidos de taças de espumantes, muita risada, muita comida boa, fogos de artifício, abraços apertados com desejos de dias melhores, de renovação – e uma balada pra dançar até dar bolha no pé (no meu caso, foi o que aconteceu). Eram as últimas horas de 31 de dezembro de 2012 e as primeiras horas de primeiro de janeiro de 2013.

Nem fazia tanto tempo assim que um amigo querido me presenteou com um pingente de olho grego/turco, que sempre uso na parte de trás de uma correntinha, no pescoço. Deixo na nuca, meio que acompanhando minha tatuagem. Mas ele, que viu de perto meu ano atrapalhado, achou por bem me proteger mais um pouquinho. Entre um milhão de coisas pra fazer, passou aqui em casa pra me entregar uma medalhinha de seu santo de devoção e um daruma, o bonequinho da tradição japonesa a quem a gente faz pedidos. Era a tarde de 31 de dezembro de 2012.

Quanta felicidade eu vivi nessa virada de ano, com tantos queridos ao meu lado. Sim, a felicidade esteve presente. Mas mais do que a felicidade, era aquela tal paz de espírito, essa sensação até difícil de explicar, que predominava. Estamos sempre em busca da felicidade, preocupados em saber por onde ela anda e como fazer para que ela invada nossas vidas. E acabamos dando pouca importância a algo que me parece bem mais essencial: a serenidade.

“Eu entendi que, mesmo quando muitas coisas não vão bem, sempre dá pra gente ter experiências boas ao lado de pessoas que gostam de nós de verdade. Entendi como é boa a serenidade”. Foi mais ou menos assim que uma amiga me disse compreender as dificuldades que ela foi obrigada a enfrentar nos últimos meses. E a reflexão dela serviu muito pra mim. Acredito que sirva também pra você.

É a serenidade que te permite receber os desafios com equilíbrio. A respirar fundo e lembrar que outras lutas já foram vencidas. Que horas boas e horas ruins se alternam, naturalmente. A serenidade não quer tomar o lugar da felicidade. Ela só espera que as situações felizes sejam vividas em sua plenitude, mas sem se tornarem ilusórias. Quantos de nós não tiram os pés do chão, transformando a felicidade numa euforia, que acaba como frustração?

A serenidade é a alegria calma e a tristeza que não perde a esperança. É o sucesso com humildade e a derrota sem perder a autoestima. A serenidade pode ser alcançada em longas conversas com aqueles que nos querem bem, com terapias, meditação, autoconhecimento, espiritualidade. Não importa como. O fundamental é você saber que a serenidade também foi reservada a você.

Uma vez, há muitos anos, li num livro budista uma frase que sempre me recordo quando percebo que estou deixando minha serenidade escapar: “Não existe vida feliz. Existem momentos felizes numa vida”. É bem por aí… Conscientes de que nossa existência é inconstante mesmo, aproveitaremos melhor os momentos felizes da vida. E pra todos os outros sempre pode existir a tranquilidade no coração. Essa tal serenidade…

Crédito da imagem: Kit Básico da Mulher Moderna (Renata Maneschy)

Anúncios

2 respostas em “Serenidade X Felicidade

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s