O amor não é o que faz o mundo girar. É o que faz o giro valer a pena

dia dos namorados

Feliz Dia dos Namorados! Não tá namorando? Não faz mal… Porque tem aquela história de que Dia dos Namorados é só data comercial. Você pode focar nisso… Mas eu prefiro ser otimista e acreditar que é um momento especial sim, pra celebrar e relembrar os momentos bons com a pessoa amada. Menos pela troca de presentes, mais pela troca de olhares apaixonados – que devem ser diários, claro! Mas, por que não, fazê-los bem neste meio da semana mais intensos, aproveitando a comemoração, recordando aquilo que te fez amar o outro?! Se eu tivesse namorando o presente ideal seria uma conversa doce, olhos nos olhos, elencando tudo o que foi vivido de bom até ali. Fortalecer o afeto pelas palavras sinceras. Eis um presente que deveria ser obrigatório no dia de hoje… 🙂

“Tô de bode! Não tenho pessoa amada agora, Suzane!” Não faz mal, não! Você vai ter. Não importa se ainda não teve, se acabou de perder… Porque, nessa hora, a gente acha que nunca vai amar de novo, que nunca vai encontrar alguém especial que ame a gente pelo que somos… Mas você vai. Basta não se fechar para os encontros que a vida reserva. Se fechar em amores platônicos, amores impossíveis… Isso aí não é bom, não. É atraso de vida.

Amor feliz é amor leve. É gostoso. Te faz sorrir – não chorar de tristeza, preocupação, decepção, angústia. Tá junto para o que der e vier. É parceria. É amizade. Te ouve e te conta. Conversa. De tudo um pouco. Então, se é sozinho(a) que você passa a data, sugiro humildemente que cuide do seu amor-próprio, aquele que te deixa pronto(a) pra encontrar um amor de verdade – não um problemático. Que dê ao seu cotidiano essa leveza especial que só o amor bom permite.

“Suzane, você nem tá namorando agora! Como pode acreditar tanto no amor?” Ah, eu acredito… Acredito no amor pra todas as coisas e relações. No amor em todas as formas. Em fazer o que deve ser feito sempre com amor. Tem uma frase que conheci esse ano e meio que virou um mantra, sabe? É o título aí acima, que resume exatamente o motivo principal pelo qual a gente não deve desacreditar num sentimento tão grande: “O amor não é o que faz o mundo girar. É o que faz o giro valer a pena.” Quer definição melhor?! É ele, o amor, que dá graça e brilho a todo o resto – o amor saudável, não custa reforçar.

Feliz Dia dos Namorados! Feliz Dia do Amor-próprio! E Feliz Dia daquilo que faz a vida ter sentido…

Crédito da imagem: Um Milhão de Beijos

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s