Lições para não esquecer

lições

Todo final de ano faço uma lista do que desejo realizar nos próximos 12 meses. Poucas vezes escrevo o que aprendi. Mas se 2012 foi o ano que me dei o direito a um sabático, a um tempo de muitas perguntas que ficavam sem definições claras, eis que 2013 foi inesquecível em lições. Vieram as respostas. Algumas duras. Outras, chegaram com suavidade, nas entrelinhas. Ainda outras tantas só notei porque enxerguei além do que me convém, com generosidade. E teve aquelas que, olha, foram suadas, viu? Mas se tornaram conquistas especiais! Felicidades indiretas. Felicidades que nem sempre nos atingem apenas. Mas, felicidade – pelo que deu certo, pelo que não deu, pelo que continua em processo, pelo que voltou, pelo enfrentado, pelo que é coletivo. Poucos de nós não tiveram aprendizados intensos. É só preparo. Para lutas maiores. E recompensas idem. Olha aí, ó, as lições que aprendi e os comportamentos que observei com mais atenção… Pra não esquecer neste novo ano. 🙂

Parte encantadora dos brasileiros tem bom coração, se coloca no lugar do outro e luta todos os dias por uma sociedade igualitária e justa
Parte assustadora dos brasileiros é tão ou mais racista, homofóbica, preconceituosa, xenófoba, machista e individualista do que outros povos

Há quem diga que luta por uma causa que ama, mas não pensa duas vezes antes de espalhar ódio

Direita ou esquerda, não importa. Aqueles que vão aos extremos, seja do lado que for, acabam todos iguais

Fazer de tudo para calar a qualquer preço, custe o que custar, o interlocutor que diverge de você é sinal de intolerância e ignorância

Quem não sabe ouvir não será ouvido
Quem defende ideia com destempero acaba descartado

Quando um “amigo” se afasta simplesmente porque sua opinião é diferente da dele é porque nunca existiu amizade de fato

As pessoas têm um grave problema com interpretação de texto
As pessoas desconhecem o conceito de ponderação
Muita gente não compreende a importância de reflexões

Consciência coletiva é a defesa de ideias e a concretização de projetos que beneficiem a todos, criando um ciclo virtuoso que se expande cada vez mais. É pensar além do seu umbigo, em resumo

Alguém com alto grau de conhecimento, formação e muitos diplomas pode ser extremamente limitado e egoísta em suas convicções
Como escreveu um amigo outro dia, trabalhar pra ganhar dinheiro é bom. Paga as contas. Mas a gente precisa de propósitos

Disciplina e sensibilidade. Doçura e determinação. Boas duplas essas aí. Gosto de gente que equilibra tais qualidades

Não gosto de gente que acha que tá no mundo a passeio e não tem que fazer a sua parte para a sociedade melhorar
Se você tem mais de 60, pode viver no mundo a passeio, se assim desejar. É seu direito. Você merece

No final das contas, sua família estará sempre lá
Amigos de verdade pensam em soluções junto com você
Amigos de verdade querem que você seja feliz, não um “sucesso”
Amigos de verdade nunca, em hipótese alguma, te colocam pra baixo

Ter o nome citado nos agradecimentos da dissertação de mestrado do seu amigo pode ser mais gratificante do que ver o nome assinando um texto

Pessoas importantes sempre retornam à nossa vida, em algum momento, de algum jeito, com algum significado
A generosidade de um desconhecido pode salvar seu dia. Pode te dar esperança e ajudar a seguir em frente

Saúde é nosso bem mais precioso. O resto a gente corre atrás
Gratidão. Não só no coração. Falar o quanto se é grato a alguém é importante pra quem ouve
Não faça nada esperando gratidão. Tem gente absorta demais em si mesma para compreender o conceito. Faça por achar certo e pronto

Ser generoso. Saber impor limites. Nada de culpas
Cuidar de si mesmo, com tempo e carinho. Só assim é possível cuidar de quem nos cerca

Quem planta, colhe. Mesmo que demore muito tempo para chegar o resultado. Para o bem e para o mal

Continuo desejando de coração que as pessoas se disponham mais a conhecer novas culturas e a enfrentarem suas dificuldades na terapia
Continuo desejando de coração que as pessoas entendam que conhecer novas culturas não é encher malas de compras no exterior
Continuo desejando de coração que as pessoas não atrelem seu valor àquilo que consomem

Sempre dá tempo de mudar, de começar de novo
Temo aqueles que nunca mudam
Temo aqueles que nunca param, em alguma fase da vida, pra questionar tudo
Temo aqueles que acusam os outros de terem “sorte” por suas conquistas

Ainda não sou paciente o suficiente
Às vezes, ainda falo sem pensar
Às vezes, ainda me intrometo no que não é da minha conta

Ficar genuinamente contente pelos outros pode ser tão bom quanto experimentar uma felicidade particular

Conto nos dedos as pessoas que me deram força para parar tudo na vida em 2012 e apenas estudar, viajar, ficar mais tempo com minha família e meus amigos. Às vezes, a única coisa que a gente tem que seguir é nossa intuição. Aos que disseram ser um equívoco o meu sabático um ano antes, 2013 provou: vocês estavam errados.

Eu não sei se 2014 vai realmente ser um ano incrível, cheio de felicidade, vitórias, realização de sonhos, como desejamos uns aos outros no final de cada ciclo. Não sei mesmo. Mas já sei que as coisas boas sempre vão acontecer, até em meio às tempestades. É só a gente reparar – e dar valor.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s