O que a sereiazinha nos ensina sobre determinação

Eu tenho um baita pé atrás com os contos de fadas que ensinaram uma geração de mulheres a acreditar no príncipe encantado modelo perfeição. E que pra se ter valor na vida a única saída é encontrar um marido – custe o que custar e a qualquer preço. Às vezes, nem amando de verdade… Já vi acontecer.

Todo mundo quer amar e ser amado. Acho difícil que alguém não almeje viver uma relação bonita, feliz e saudável. Sempre me incomodei, no entanto, com as histórias da mocinha tão frágil e até meio boba que só enfia os pés pelas mãos (come maçã envenenada, espeta o dedo no fuso de uma roca, baixa a cabeça pra madrasta que a explora), cuja única salvação é o príncipe valente e que ainda precisa de empurrão de fada madrinha pra saber o que vestir.

Os tempos mudam e hoje Valente é o nome de uma princesinha corajosa e cabelão ruivo-rebelde. Ainda bem que a indústria do entretenimento se deu conta e criou uma personagem atual (sem perder a ternura), que serve de exemplo pra milhares de menininhas.

Mas ruivinha como a Valente, a princesa Ariel – mais conhecida como A Pequena Sereia – já era um bom exemplo quando eu tinha meus dez anos. Por muito tempo foi meu filme preferido. Também Ariel, no fim, só foi feliz porque conseguiu um príncipe pra chamar de seu. Não era, porém, o que mais me prendia a atenção na história. A sereiazinha era determinada! Ela queria mais do mundo! Ela queria respostas, queria conhecer o que era diferente. Era sagaz, inteligente, tinhosa.

Nunca esqueci da cena que posto aqui pra vocês, com uma musiquinha doce (que eu canto junto cada vez que ouço, admito, sei direitinho… rs…), com letra que até hoje me faz pensar: “Ariel, eu te entendo!”. A Pequena Sereia nos ensina que, no fundo, quando a gente quer dá um jeito. Seja o sonho que for, o desejo que for. Não há temor, falta de tempo, desculpa que impeça a gente de ir atrás do que é especial ao nosso coração. Pode não dar certo, é verdade. Mas precisa ser tentado.

Espero que a sereiazinha inspire todos nós nesse começo de semana. Pra que possamos ir atrás do que nos é caro, importante. Que completa nossa essência. Que ajuda nossa alma a ser mais completa e feliz. Pra ouvir alto. A letra é lindinha. 🙂

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s