Mãos dadas

18237_833888380017188_4501770814394429261_n

Quando minha avó materna ficou viúva foi morar lá em casa. Eu era pequenininha, tinha 3 anos. No meu quarto, ao meu lado, ela dormiu durante muitos anos em uma cama mais baixa, de rodinha, ao lado da minha. Tornou-se um hábito entre nós duas dormirmos de mãos dadas.

Se eu acordasse no meio da noite com pesadelo, pressionava de leve a mão da vó, indicando que eu estava assustada e precisava de ajuda, acolhimento. Ela soltava minha mão, abria o lençol, eu me encaixava lá dentro. A vó dizia “dorme, filhinha”, e me abraçava. Eu dormia porque sabia que tudo ficaria bem. A vó tava lá pra me cuidar.

No último fim de semana, meu sobrinho, que é também meu afilhadinho, dormiu comigo na casa dos meus pais. Lá, no meu mesmo quarto de menina, onde a vó dormia comigo. Juntamos as duas camas de solteiro que estão hoje no quarto. Antes de pegar no sono, ele esticou a mãozinha pra mim. Dormimos de mãos dadas, repetindo o gesto de confiança e amor que vai passando gerações.

Toda relação especial nos permite ter certeza de que sempre haverá uma mão de afeto com a qual se pode entrelaçar e acariciar, que com um gesto simples, como um carinho com o dedo no do outro, diz “estou aqui”.

Feliz daquele que sabe dar valor e retribuir as mãos que se estendem em sua direção com ajuda, amor, sinceridade, companheirismo, cuidado. Infeliz daquele que só compreende quanto as mãos que lhe foram oferecidas eram especiais já tarde demais. Sozinho demais.

Estenda as mãos. Entrelace os dedos. Traga as do outro encostando no peito, junto do coração.

Crédito da imagem: blog Casal Sem Vergonha

Anúncios

2 respostas em “Mãos dadas

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s